Winnicott (1975) descreve distinguindo três grandes fases na primeira infância. A fase de dependência absoluta corresponde aos cinco primeiros meses. Nesta fase, a criança está em fusão com sua mãe, e quanto mais esta compreende exatamente as necessidades de seu filho, melhor este se desenvolve.

A fase de dependência relativa: estende-se o sexto mês e o fim do primeiro ano; ela já está esboçada desde o quarto mês, de modo variável, de acordo com o bebê. É ao longo deste período que a criança diferencia-se progressivamente de sua mãe.

Ela não espera mais uma compreensão e uma satisfação mágica de suas necessidades por parte da mãe. Torna-se capaz de estabelecer uma relação objetal e, por este fato, cabe a ela dar um sinal para chamar sua mãe, é, então, muito importante que esta compreenda a necessidade da criança de manifestar um sinal antes que ela satisfaça suas necessidades.

As carências de adaptação menores são, estão, positivas, contando que sejam de curta duração, já que é esta experiência que vai levar progressivamente a criança a se diferenciar de sua mãe, a qual deve ser capaz de um abandono progressivo de sua adaptação; caso contrário, a criança não chega a dominar situação pela qual está passando, continuando em um estado de regressão permanente e de fusão com ela, ou a rejeita. Neste caso, a diferenciação com o mundo o mundo exterior não pode se fazer; em particular, o desenvolvimento mental e a elaboração do pensamento correm o risco de ficar fortemente comprometidos.

Na fase de dependência relativa, a criança começa a ser consciente da dependência. Esta consciência desenvolve no início uma compreensão intelectual, que vai do simplex condicionamento à compreensão da linguagem, passando por todos os níveis intermediários.
Terceira fase no início do segundo ano, a criança evolui pouco a pouco para independência. Ela enfrenta progressivamente o mundo e identifica-se com a sociedade. Paralelamente, desenvolve-se a socialização e a aquisição do senso social.

Fonte: PORTAL EDUCAÇÃO – Cursos Online : Mais de 1000 cursos online com certificado
http://www.portaleducacao.com.br/psicologia/artigos/40308/as-fases-da-primeira-infancia#ixzz45gW0eGsE

Faça um comentário